Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplesmente Simples

Simplesmente Simples

Quais as Tuas Sombras?

 

Descobrimos que, abrindo um pouco a porta do reino das sombras e deixando sair pouco a pouco alguns elementos, relacionando-nos com eles, procurando um significado para eles, negociando, podemos minimizar o risco de sermos surpreendidas pelos ataques dissimulados e as explosões inesperadas das sombras.

Clarissa Pinkola Estés

 

 

Todo o ser humano tem a sua luz e a sua sombra. Engana-se quem idealiza uma vida bela  e um ser humano perfeito. Isso não existe! Somos sim, seres repletos de imperfeições perfeitas.

 

Durante um tempo acreditei que as minhas “sombras” já não existiam, que algumas das minhas questões estavam resolvidas. Vivia um momento bom, e aquilo que me assombrava anteriormente desaparecera. Contudo percebi, talvez da pior forma (acredito que a vida nos prega algumas partidas para ver se estamos preparados) que as nossas “coisas” nunca desaparecem. Podemos trabalhá-las, aprender a viver com elas, mas pensarmos que se vão é um erro.

 

Toda a nossa vida teremos as nossas questões e a nossa sombra. Talvez o caminho se torne mais fácil se nunca nos esquecermos disso.

Devemos aprender a viver com as nossas sombras e imperfeições, pois serão nossas companheiras em todo o trajecto. 

 

Tu, como ser imperfeito que és, és perfeito dentro dessa imperfeição. Clarifica a tua mente, não existem seres perfeitos. Aconselho-te a te conheceres como ninguém mais, conhecer as tuas forças e as tuas fraquezas, só assim saberás como lidar com elas. Pratica o silêncio e observa-te. Observa os teus pensamentos. A autodescoberta e auto-conhecimento são ferramentas poderosíssima para toda a vida!

5B839958-825B-4B90-957C-7789CD66CE52.jpeg

 

Batata Doce Composta

29404982_1823614981003159_1190218834_o.jpg

 

Hoje trago-vos uma experiência do último fim-de-semana.

Que adoro batata doce já toda a gente sabe :P Então decidi utilizá-la como base e rechear com alguns alimentos que gosto. O resultado surpreendeu-me pela positiva e decidi partilhar convosco. Espero que gostem 😊

Eu utilizei cogumelos, esparregado e guacamole, mas usa a tua criatividade e recheia a batata como quiseres.

 

Ingredientes:

// 1 batata doce

 

Cogumelos

// 300g de cogumelos

// 1 colher de sobremesa de molho Tamari (podes usar molho de Soja em alternativa)

// 1 colher de sobremesa de mostarda Dijon

 

Esparregado

// 1 alho

// 1 fio de azeite

// 2 mãos cheias de espinafres

 

Guacamole

// ½ pera abacate

// 1 alho

// ½ tomate

// 1 pitada de pimenta caiena

// sumo de ½ limão pequeno

// 1 pitada de cebolinho freso

 

Preparação:

Faz um pequeno golpe na horizontal na batata doce e coloca-a no forno pré aquecido por cerca de 45 min.

 

Cogumelos: Coloca os cogumelos numa frigideira antiaderente e deixa refogar, quando começarem a ficar cozinhados adiciona a mostarda e o molho Tamari e mexe bem.

 

Esparregado: Coloca os espinafres numa frigideira antiaderente juntamente com o azeite e o alho esmagado. Deixa fritar até atingir a textura que mais gostares.

 

Guacamole: Esmaga a pera abacate e junta o alho previamente picado, o tomate previamente pelado e partido aos cubos e os restantes ingredientes. Mistura tudo.

 

Por fim, abre a batata doce ficando com meias luas e coloca todos os preparados por camadas.

 

Delicia-te!

 

 

Que Crenças Alimentas?

29635021_1826800804017910_499135063_o.jpg

 

Tive momentos na minha vida em que a personagem da peça foi inúmeras vezes questionada. O porquê de ter certos medos, o porquê de ser mais ou menos feliz, o porquê de sentir algo de tal forma... Questões assolavam a minha mente e muitas vezes a palavra surgia: crenças!

 

Podemos chamar de crenças as opiniões ou verdades que vivem em nossas mentes. Existem crenças positivas, que nos auxiliam a avançar e ser mais felizes, e crenças negativas que nos limitam e tantas vezes nos colocam o medo suficiente à estagnação. 

As crenças negativas podem ser aquelas afirmações que te assolam a mente e que te colocam medos e anseios, não te permitindo ver com a verdadeira clareza as situações e tu própria. Estas crenças é como se fossem o teu filtro, que te fará  ver a realidade distorcida ou não.

 

São exemplos de crenças negativas:

“Eu não boa o sou suficiente.”

“Eu não mereço.”

“Não tenho sorte na vida.”

“A vida é difícil.”

“Pessoas com dinheiro são menos felizes.”

“Ninguém é de confiança.”

 

Acredito que podemos sempre ser um pouco mais felizes, podemos sempre evoluir e crescer no sentido da felicidade e verdadeira realização.

Para mim a felicidade não passa por ter isto ou aquilo, ter o carro B e a casa A, mas a forma como te sentes com tudo isso e a paz que sentes ao deitar a cabeça na almofada à noite. Para isso, é bom teres noção de qual o teu filtro, de quais as tuas crenças negativas. Poderás não alterar todas as crenças de hoje para amanhã, mas o seu conhecimento poderá fazer-te avançar no sentido de as ires substituindo por crenças mais positivas e inspiradoras. 

 

Desafio-te a responderes às seguintes questões:

  • O que te impede de conquistar o que desejas?
  • Quais são os teus limites?
  • O que achas que não podes mudar em ti mesmo?
  • Achas que não és capaz de atingir os teus objectivos?
  • Acreditas que tens algum defeito ou dificuldade porque te falam isso desde a infância?

 

As respostas a estas questões levar-te-ão a detectares algumas das tuas crenças negativas. Essas crenças poderão estar mais ou menos marcadas no teu Ser, mas são passiveis de mudança, como tudo na vida. Não te aprisiones ao que diz a tua mente, tu és muito mais que isso!

Atenta nas fases mais difíceis da tua vida, quais as crenças que te assolam a mente, são essas que deves tentar colmatar mais rapidamente.

Deixa que o inverno leve as tuas crenças negativas e que a primavera desabroche mais crenças positivas. Que o sol te relembre a tua luz interior, que nada tem a ver com o que a tua mente te faz crer. Que este virar de ciclo e de estação te recorde que estamos sempre a tempo de renascer e florir em felicidade!

Aveia Adormecida

29404552_1823578247673499_510947261_o.jpg

 

Hoje trago mais uma receita super prática para transportar. A aveia em repouso com a chia dentro de líquido cria uma espécie de papa e podes acrescentar fruta, iogurte ou o que mais gostares. Como líquido utilizei sumo de laranja, mas podes usar água, leite, o que quiseres. Espero que gostes tanto quanto eu 😊

 

Ingredientes:

// 10g sementes de chia

// 20g de flocos de aveia sem glúten

// sumo de 2 laranjas

 

Para os toppings utilizei:

// morangos q.b.

// canela q.b.

//1 colher de sobremesa de manteiga de amendoim

 

Preparação:

Coloca a aveia juntamente com as sementes de chia e o sumo de laranja e mistura bem. Coloca o preparado anterior no frigorifico no mínimo por 10 min.

Coloca os toppings que mais gostares e está pronto a servir.

 

Bom apetite!

Igualdade vs Equidade

Num mês em que se celebrou o dia da mulher, tanto se falou de igualdade de géneros e igualdade de oportunidades, aproveito o momento e assumo-me contra a igualdade!

 

Segundo o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, igualdade:

1. Qualidade de igual.

2. Relação entre coisas ou pessoas iguais.

3. Correspondência perfeita entre as partes de um todo.

4. Organização social em que não há privilégios de classes.

5. Equação.

6. Sinal aritmético de igualdade (=).

 

 

 Ao defender a igualdade assume-se pessoas iguais, pessoas com as mesmas características, seres com a mesma essência, medos, vulnerabilidades, as mesmas conquistas e a mesma história.

Acredito que todos somos seres únicos e especiais, esse é o nosso poder! Ninguém é igual a ti, o que te torna única!

Defendo assim a equidade, pois aí sim, é tido em conta a unicidade de cada ser.

 

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa define equidade como:

1. Igualdade.

2. Rectidão na maneira de agir. = IMPARCIALIDADE

3. Reconhecimento dos direitos de cada um.

4. Justiça recta e natural.

 

 

Apesar da similaridade entre as duas palavras, o significado não é exactamente igual.

 

29432824_1819208478110476_7785150895750119424_n.jp

 

Esta imagem representa perfeitamente a diferença entre os dois termos.

 

Defendo que todos devemos ter as mesmas oportunidades e devemos ser tratados de igual forma, contudo há que ter em conta que talvez para ter a mesma oportunidade os esforços poderão ter de ser diferentes, pois nós somos diferentes.

 

Alguma vez ficaste magoada porque a pessoa A obteve o que tanto desejavas com muito menos esforço do que tu? Alguma vez te interrogaste porque para algumas pessoas parece tudo tão simples e na tua vida parece tudo tão complicado?

 

Somos seres únicos, como já referi, o que significa que cada um de nós terá também oportunidades diferentes e terá de fazer esforços diferentes para alcançar os mesmos ojectivos.

Está tudo certo quanto a teres de esforçar-te mais ou menos. Assume a tua autenticidade, debruça-te sobre a equidade e sê mais feliz, livre de comparações!

 

Panquecas de Amêndoa

29425145_1819194158111908_6417600654067367936_o.jp

 

Não me canso de panquecas! :D

Desta vez experimentei uma receita bem simples e saudável, e só com 3 ingredientes o resultado não podia ser melhor! 

  

Ingredientes:

// 2 ovos

// 4 colheres de sopa de farinha de amêndoa

// 1 banana

 

Preparação:

Começa por triturar a amêndoa num processador de alimentos até obteres farinha.

Bate os ovos com a farinha.

Esmaga a banana com um garfo e mistura com o preparado anterior até obteres uma massa homogénea.

Coloca pequenas quantidades numa frigideira antiaderente em lume brando até fritar de um lado.

Vira a panqueca do lado oposto até fritar.

 

Serve com o que mais gostares e delicia-te!

Poluição Mental

29386721_1818316004866390_6726685093600952320_o.jp

 
Hoje quero falar de um tema que está na moda: a poluição.  As redes sociais são exemplo disso, pois constatas inúmeras pessoas a alertar para a poluição e para a importância de diminuirmos a nossa pegada ecológica, o que é óptimo e realmente importante.  
 
Contudo eu coloco a seguinte questão: Será que a poluição se refere só ao lixo que produzes? Será que aquilo que pensas não se pode considerar uma forma de poluição?
 
Considero que além do lixo que produzimos, aquilo que pensamos também poderá ser um tipo de poluição. Se tiveres um pensamento menos positivo e o alimentares ele vai-se propagar, as pessoas que te rodeiam serão afectadas, conscientemente ou inconscientemente, com esse pensamento e consequentemente o mundo que te rodeia - é o chamado efeito borboleta!
Ou seja, todos os teus pensamentos acabam por afectar o mundo que te rodeia e o teu planeta! A poluição mental poderá ser tão ou mais perigosa como a poluição ambiental.
 
Ao longo da vida apercebi-me que se vivesse uma fase mais sombria, com mais pensamentos negativos e destrutivos, todas as minhas relações acabavam por ser afectadas negativamente. Inconscientemente a minha poluição mental estava a contaminar o meio ambiente.
Assim, aos poucos apercebi-me que tomando atitudes e pensamentos mais positivos essa relação sinérgica também acontecia. Claro que não é fácil controlar tudo o que pensamos, a nossa mente é uma arma poderosíssima, mas podemos escolher quais pensamentos alimentar, tendo em conta que isso afectará directamente a nossa vida e a vida do planeta, nas pessoas que o habitam. 
 
E tu, que pensamentos decides alimentar? De que forma essa escolha interfere na tua vida e nas tuas relações?
 
Não podemos exterminar a poluição ambiental de um dia para o outro, tal como a poluição mental, mas podemos ter consciência de que forma essa poluição interfere em nós, nos outros e no meio ambiente. Dessa forma, será mais fácil tomar consciência dos nossos próprios pensamentos e ganhar algum controlo sobre essa poluição.

Muffins de Laranja

 

29243845_1814680065229984_3569201102391869440_o.jp

 

Adoro laranjas! Decidi experimentar um snack prático para transportar recorrendo a laranjas e a gengibre, uma vez que a gripe me apanhou desprevenida.

A laranja tem uma concentração alta de vitamina C e o gengibre tem propriedades anti-inflamatórias, o que contribui no tratamento de dores de garganta, inflamações ou resfriados.  

 

Ingredientes:

// 3 colheres sopa de farinha de quinoa

// 2 colheres sopa de farinha de linhaça

// 1 colher sobremesa psyllium husk

// 1 colher café de fermento em pó

// 1 colher café de gengibre em pó

// 1 ovo

// sumo de 2 laranjas

// 100ml de bebida de aveia

// 1 colher sopa de xarope de ácer

 

Preparação:

Coloca todos os ingredientes na liquidificadora e bate até obter uma mistura homogénea.

Coloca a massa em formas de silicone e leva ao forno pré aquecido por cerca de 15 min.

 

 

Simplesmente delicia-te!

Novos Caminhos? Novas Metas!

29244675_1814670578564266_3411868612024074240_o.jp

 

Hoje quero falar de labirintos…. Recordas-te daqueles labirintos que costumávamos fazer em crianças, em que tínhamos de descobrir o caminho que levasse o rato até ao queijo por ex?

 

Tenho um amigo que se encontra dentro de um desses labirintos. Está numa fase complicada da vida em que não sabe qual é a saída. Já viveste alguma situação do género? Já te encontraste perdida sem saber o caminho que te leva onde queres chegar?

 

Na minha vida tive momentos que por muito que andasse, o destino era sempre o mesmo e não encontrava o caminho correcto. Até que me apercebi que o caminho que fazia era também sempre igual.

 

O mesmo caminho leva ao mesmo destino, inevitavelmente. Se queremos resultados diferentes na vida, temos de tentar outros caminhos, novos trajetos, novas abordagens.

 

Desloco-me sempre a pé para o trabalho e as coisas que vejo e os momentos que vivo são sempre os mesmos, com poucas variações. Até que pensei: e se for por um caminho diferente?

 

Agora transpõe para a tua vida. Lamentamo-nos tantas vezes que queremos atingir isto ou aquilo, mas a abordagem que temos é sempre a mesma. Somente caminhos novos levam a destinos novos! Tal como nos labirintos das crianças, se um caminho não dá tens de experimentar outro.

 

Se queremos atingir um resultado e o caminho por onde vamos não está a funcionar talvez tenhamos de tentar novas formas para lá chegar, temos talvez de ultrapassar as nossas crenças e tentar novos meios. Procura alguém que já atingiu essa tal meta e tenta descobrir em que é que a sua abordagem foi diferente da tua.

 

Desbrava novos caminhos e chega onde sempre sonhaste :) 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D