Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Simplesmente Simples

Simplesmente Simples

Amar é Ser Vulnerável!

29883576_1831146316916692_2143883267_o.jpg

 

Durante muito tempo não mostrei as minhas fragilidades. Guardava para mim as minhas dores, medos e momentos mais escuros. Todo esse tempo quis ser forte, mostrar a minha veia de guerreira, ocultar tudo o que me colocasse numa posição mais vulnerável…

 

Quando estás mais em baixo partilhas a tua dor? Achas que mostrar a tua vulnerabilidade significa que és mais fraca?

 

Aprendi que tal como as nossas glórias, conquistas e sorrisos, também as nossas lágrimas, sofrimentos e medos devem ser partilhados. Ocultarmos as nossas dores, não só não nos faz mais fortes, como nos corrompe por dentro e alimenta dores ainda maiores.

Pedir ajuda faz parte do processo e não faz de nós mais fracos, pelo contrário, assumir nossas lágrimas perante o outro coloca-nos em ponto de igualdade, pois todos temos nossos momentos de felicidade e de tristeza. Admitir os nossos erros e lágrimas é um acto de pura coragem, aí sim, somos verdadeiros guerreiros.

 

Hoje sei que amar é também mostrar a nossa vulnerabilidade. Mais do que os momentos felizes, os momentos menos felizes devem ser partilhados com o teu par. Nenhum amor vive só de bons momentos nem de momentos tristes.

Amar é colocar tudo aquilo que és perante o outro e vice-versa, o que significa que também as tuas vulnerabilidades devem estar a descoberto. Assume-as primeiramente perante ti própria, mas também perante o outro.

Não tenhas medo de pedir ajuda! Não te aprisiones à versão de guerreira que queres mostrar, mostra-te como um todo, como o ser completo que és.  Claro que te deves reservar e nem todos os ambientes te permitem mostrar a tua total vulnerabilidade, mas escolhe as pessoas certas, encontra o teu ambiente protegido e sê tu todo. Pede ajuda se precisares, chora se quiseres, mas não tenhas medo de pedir ajuda e mostrar a tua vulnerabilidade. Amar é ser vulnerável!

 

O homem deve saber que só sendo vulnerável pode verdadeiramente oferecer e aceitar amor. Ao mesmo tempo sabe que, se revelar essa vulnerabilidade na vida diária, em geral corre o risco de ser explorado, de levarem vantagem sobre ele. Sente que se mantiver uma parte de si mesmo em reserva para proteger essa vulnerabilidade, sempre receberá de volta apenas uma parcela do amor que dá. Portanto, sua única chance de ter um amor profundo é dar tudo o que tem.

Leo Buscaglia

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D