Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Simplesmente Simples

Sab | 07.07.18

Insiste, Persiste e Não Desiste

36663268_1945176735513649_8669036520813887488_n.jp

 

Eu tenho um amor pequenino. A minha sobrinha completa brevemente 5 meses, e toda a sua descoberta e aprendizagem têm permitido que reflita na minha própria aprendizagem e evolução.

 

Aos 4 meses começou mais marcadamente a querer descobrir o mundo de forma física, a querer gatinhar, dar voltinhas, agarrar nas coisas… É impressionante, a forma como ela insiste e persiste, e apesar de querer fazer algo ainda desconhecido para ela, e apesar da possível frustração que também às vezes sente, não desiste.

Ainda não gatinha, mas já consegue dar voltinhas, ou seja, enquanto está deitada de barriga para cima virar-se e ficar de barriga para baixo, e consegue agora agarrar nas coisas perfeitamente. Durante todo este processo vi nela a persistência que talvez precisei nalgumas fases da minha vida. Aquele sentimento de que sou capaz, independentemente do tempo que demorar. Aquele cliché da tentativa-erro, que poderá garantir que no fim atingirei o que pretendo. Aquela superação em que apesar da tristeza e frustração de não conseguir ao início não significa que no fim não tenha sucesso.

 

E se eu assumisse na minha vida esta postura dos bebés perante os desafios? Que mudança poderia acontecer na minha vida se não me resignasse na frustração e tentasse sempre mais uma e outra vez? O que poderei levar para a minha vida desta observação de persistência nestes Seres tão pequeninos e tão grandes?

Entendes agora que a persistência poderá auxiliar-te a atingir os teus objectivos, sentes que te eleva no sentido que desejas e poderás sentir-te cada vez mais realizado.

 

 

3 comentários

Comentar post