Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Simplesmente Simples

Qua | 17.01.18

Simplesmente Pão

939E3994-7CB1-413C-945A-641A4DD56F47.jpeg

 

Se há cheiro que marca a minha infância é o cheiro de pão quente a sair do forno de lenha. Eu não sou uma pessoa de comer muito pão, mas ao pequeno-almoço uma fatia de pão simples com manteiga de amendoim é algo que me enche a alma.

 

Entretanto com a intolerância ao glúten, a minha relação com o pão nunca mais foi a mesma. O pão sem glúten que se encontra à venda em supermercados, além de esvaziar a minha carteira, não se compara em nada ao pão caseiro, com aquela côdea ligeiramente crocante que tanto gosto. Em tentativas de recriar pão em casa, a desilusão surge, pois são mais as vezes que aparece um ser estranho com sabor a pão e textura de bolo. Pensava eu que nunca mais conseguiria comer um pão que me satisfizesse e me levasse até à minha infância, até encontrar o melhor pão sem glúten do mundo no blogue Gluten Free Com Paixão.

 

A receita é simples e os ingredientes são fáceis de encontrar, ao contrário de algumas receitas sem glúten que encontras. Vais precisar de aveia (que vais transformar em farinha), farinha de arroz integral, fécula de batata, sal, água, psyllium husk, sementes de linhaça (que vai passar a farinha também), mel e fermento padeiro seco. Para saberes as quantidades certas de cada ingrediente, consulta a receita original aqui.

 

Posteriormente de teres transformado a aveia e a linhaça em farinha misturas todos os ingredientes sólidos e preparas o fermento à parte com a água e o açúcar. Depois segue-se uma viagem às minhas origens e vem algo que me permite entrar em estado de pura meditação: amassar. Nunca te esqueças que os alimentos absorvem toda a energia e intenção que colocas ao mexer neles, e mais tarde irás ingerir tudo isso.

 

Este pão além de ser óptimo e preencher todos os meus requisitos como um bom pão, a sua realização é toda uma actividade simbólica. Experimenta e conta-me se não é o melhor pão sem glúten do mundo 😊