Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplesmente Simples

Simplesmente Simples

24.06.19

(des)Liga-te!

Laura
Desliga-te dos teus problemas e liga-te à simplicidade. Desliga-te do ruído externo e conecta-te com a natureza. Desliga o piloto automático e liga-te ao momento presente. Desliga-te dos medos e liga-te à tua essência e poder pessoal. Embarca nesta viagem em direção a ti mesma e à tua felicidade. Aumenta o teu amor próprio e conecta-te com a tua luz e brilho pessoal. Este é um momento para desligar fora e ligar dentro. É um convite a te reconectares com o prazer que é viver.
17.06.19

Sobre Aumentar Motivação e Foco

Laura
Pode parecer uma pergunta vaga e inespecífica, mas comigo tem um enorme poder. No dia a dia agitado e tantos afazeres às vezes o cansaço surge, a desmotivação aparece e questiono-me muitas vezes sobre continuar ou não, e como ter energia e foco para continuar...   Nestes momentos meio perdida questiono-me e relembro-me o porquê de ter começado, ou seja, a intenção por detrás de tudo e antes de surgir o cansaço ou desmotivação.   Este mês trouxe muitas novidades ao mundo: (...)
03.06.19

Desabrochar (de dentro para fora)

Laura
Durante muito tempo senti-me perdida. Sentia com se não soubesse o meu lugar no mundo e em mim mesma. Não entendia o que significava uma boa autoestima, autoconfiança e poder pessoal só conhecia aquilo que vem nos livros...   Foi então que participei no primeiro círculo mulheres e encontrei o “espaço” seguro para Ser. Um “espaço” sem religião onde impera o amor e a aceitação. Um “espaço” onde cada uma pode olhar para dentro, encontrar-se e (re)aprender a amar, (...)
01.06.19

Estações do Ano em Mim

Laura
Era uma vez uma árvore que detestava as estações do ano. Gostava do verão, e sempre que vinha o inverno ficava frustrada porque perdia as suas folhas e sentia-se a esvaziar. O seu amigo Coelho questionava-lhe: - Amiga árvore, porque não gostas das estações do ano? Todas são importantes... E a árvore dizia-lhe: -No verão sinto-me cheia, como a lua, repleta de energia. E por exemplo no inverno sinto-me triste, vazia, cada folha que cai é como se algo em mim morresse, não gosto!
30.05.19

Agradar ou Não? Eis a Questão

Laura
“Tens que ser boa para as outras pessoas.” Quem não ouviu esta frase em criança que levante o dedo. Na minha infância esta frase foi uma constante, não propriamente nestas palavras exatas, mas a mensagem de que deveria agradar ao outro passou e firmou-se bem fundo no meu Ser. Muito do que fiz e conquistei foi pensando no outro e em como o faria feliz. E, claro, que esses são também alguns dos valores que defendo, a felicidade do outro e o seu bem-estar. Contudo, ensinaram-me a (...)
25.05.19

A Verdade de Mim Mesma

Laura
Se há 1 ou 2 anos atrás alguém me dissesse que iria estar a publicar esta foto nas redes sociais e a abrir-me ao mundo desta forma eu diria que estavam todos loucos. Há algum tempo senti vontade de criar um blog. Recordo-me como se fosse hoje do momento em que ao tirar fotos ao meu pequeno almoço, só porque sim, partilhava com a minha irmã “Ah, qualquer dia faço um blog...” e ela simplesmente me respondeu “E porque não?”. Contudo o porque não era mais forte do que o (...)
16.05.19

Rumo à Felicidade

Laura
Estás a espera de quê? Há quem espere pelo peso ideal ou pelas condições meteorológicas perfeitas. Há quem espere pela companhia ideal ou que a oportunidade apareça. Há quem espere por sentir toda a força e coragem. Há quem espere para fazer acontecer e há quem faça. Há quem espere para ser, fazer e estar, e há quem seja, faça e esteja. Em qual dos grupos te inseres? Se te encontras no grupo que espera algo, convido-te a fechar os olhos e a sentires como se esse (...)
30.04.19

AceitAção

Laura
Aceitação. Esta seria uma das minhas palavras dos últimos tempos. A palavra que define muito do que estou a “trabalhar” em mim (e coloco trabalhar entre aspas porque trabalhar na minha miopia acarreta peso e dificuldade).    Após um dos círculos de mulheres, a aceitação vibrava em todo o meu Ser, considero até que nunca me senti tão bem na minha própria pele, nunca senti tamanha aceitação sobre mim mesma e sobre a vida. Entretanto após algum tempo, desafios e (...)